PIX

Tudo que você precisa saber sobre o Pix

A digitalização dos pagamentos já está acontecendo. Saiba como o Pix pode reduzir custos de transações financeiras entre empresas e clientes.

Em fevereiro de 2020 foi anunciado pelo Banco Central do Brasil uma nova modalidade de pagamentos. Após alguns meses, o PIX está ativo para todos cidadãos brasileiros e significa uma revolução nas formas de pagamento no país, saindo inclusive na frente de outras grandes economias, como os Estados Unidos e a China.

Todos poderão ser beneficiados pelas facilidades do Pix, que pretende conectar fintechs, atacadistas, varejistas, pessoas físicas, bancos tradicionais e digitais por meio de um único sistema.

Agora, todo mundo poderá transferir valores ou realizar pagamentos de maneira rápida, sem custos ou com custos na casa dos centavos por transação, como é o caso de empresas. Afinal, o que você precisa saber sobre o PIX? Confira no artigo completo.

O que é o Pix?

Pix é um novo método de pagamento instantâneo oferecido pelo Banco Central. TED, Ele é uma alternativa para os tradicionais métodos, como TED e DOC, e cartões para pessoas e empresas fazerem transferências de valores, realizarem ou receberem pagamentos. 

Da mesma forma que existe a opção de realizar uma transferência bancária no sistema bancário, é possível encontrar a opção de fazer o pagamento através do Pix.

Com o Pix, empresas e pessoas poderão fazer transações bancárias em menos de 10 segundos, utilizando apenas o aplicativo do celular. A novidade vai levar muito mais tecnologia, economia, mobilidade e praticidade.

Vantagens do Pix para Empresas

Seja para realizar pagamentos ou receber, o Pix também vai facilitar bastante as transações bancárias entre clientes e empresas. Isso porque, a nova modalidade possui algumas vantagens. Veja só:

  • Pagamentos realizados de forma direta, sem intermediários;
  • Transações realizadas qualquer hora, 7 dias por semana – inclusive finais de semana;
  • Dinheiro na conta em poucos segundos;
  • Redução nos índices de golpes com boletos falsos, clonagem de cartões ou cobranças indevidas;
  • Otimiza o fluxo de caixa com dinheiro em poucos segundos na conta, proporcionando maior giro de caixa.

Além dos benefícios, o Pix vai reduzir significativamente o custo de transações bancárias, simplificando os processos de pagamentos em empresas de pequeno, médio e grande porte, em todos os segmentos disponíveis no mercado.

Quanto custa para empresas?

Apesar de ser gratuito para pessoas físicas, as empresas poderão ser cobradas com uma tarifa fixa por transação. O ideal é conferir com o seu banco quais os valores das taxas que serão aplicadas pela instituição financeira. 

Ainda assim, é bem provável que o valor seja bem menor do que os que são cobrados atualmente para a realização de transferências via DOC ou TED. 

Também vale ressaltar que o dinheiro transferido de forma imediata, pode ser investido ou aplicado para render da forma que o proprietário preferir, gerando uma rentabilidade muito maior do que em vendas com prazos estendidos.

Como começar a utilizar o Pix?

O cadastro é bem simples. Basta entrar no aplicativo ou canal de atendimento da sua instituição financeira e criar a sua chave Pix, ela representa o seu código. Ele é o seu CPF/CNPJ, um e-mail, número de telefone celular ou números aleatórios. Para criar o Pix, não tem custo e, em poucos minutos, o benefício é concedido.

Depois, basta compartilhar com as pessoas ou empresas que você deseja receber pagamentos, compartilhar sua chave e receber o dinheiro na conta em poucos segundos.

Inovação no mercado de pagamentos

O Pix é uma inovação no mercado de pagamentos. Por isso, é válido que todas as pessoas e empresas que desejam economizar considerem modernizar os meios de pagamento disponíveis no mercado.

Além disso, quando uma novidade surge, os clientes procuram por empresas que estão saindo na frente e simplificando os processos. Com certeza, essa é uma inovação tecnológica que será bem comum em alguns meses e os negócios podem se beneficiar de adotar o método.

A estimativa é que, em alguns meses, o pagamento por QR codes e aproximação sejam liberados, levando mais uma tendência para pontos de venda e empresas. 
Se você valoriza as novidades do mercado e quer saber mais como se destacar da concorrência, sabe que qualquer economia pode impactar no preço final do produto. Quer saber mais sobre como definir os descontos? Leia o artigo sobre Como dar Descontos para Clientes aqui.

investimento tecnologia filmes vendedor pix

CATEGORIAS

Qual assunto você busca?

MATERIAIS GRÁTIS

Aumente seus resultados e alavanque a produtividade da sua Equipe de Vendas.
Faça o download gratuitamente!