Recursos Humanos: principais tendências para 2021

A virada do ano está chegando! Talvez você já tenha se perguntado internamente ou ouvido “Meu Deus, que ano foi esse?”. Sem dúvida alguma, um ano produtivo, desafiador, intenso e turbulento. As relações de trabalho foram ressignificadas, o time de recursos humanos usou novos formatos de recrutamento e teve um calendário cheio de videoconferências.

Para os líderes de RH, o desafio para o próximo ano se mantém! Atrair, recrutar e reter profissionais talentosos, atender às necessidades dos colaboradores e cuidar dos objetivos e cultura organizacionais.

Em meio a tantas mudanças, como criar estratégias assertivas para o planejamento do próximo ano? Exploramos as últimas pesquisas, tendências e insights de especialistas. Acompanhe este artigo para saber mais. Boa leitura!

Políticas de trabalho flexíveis

A palavra que mais fará parte do vocabulário do time de recursos humanos será flexibilidade. Muitos colaboradores não estão interessados em voltar ao escritório em tempo integral. E os números mostram isso!

O levantamento “O estudo do trabalho chega cedo”, produzido pelo Oxford Economics e a Society for Human Resources Management (SHRM) em parceria com a SAP, entre agosto e setembro de 2020, apontou que no Brasil, 3 em cada 4 gestores de recursos humanos consideram a flexibilidade no trabalho como a maior prioridade para 2021.

Para reforçar o entendimento, a pesquisa “Série Global Stakeholder – O Futuro do Trabalho, Agora”, realizada pela Salesforce em junho, revelou que 52% dos brasileiros estariam dispostos a trocar de emprego para manter o home office.

Sabemos que para uma parcela da população, o desempenho da função vai além do escritório, exigindo trabalho em campo e contato com o consumidor final.

Com uma possível segunda onda do coronavírus e as discussões de vacinação em foco, cabe ao RH ter uma posição estratégica e transparente. É preciso encontrar o equilíbrio entre produtividade e atenção às necessidades individuais de cada colaborador. E orientar as lideranças a realizarem pesquisas e bate-papos com suas equipes para chegarem à melhor forma de trabalho.

Otimização da Employee Experience

A Employee Experience nada mais é do que a experiência do colaborador, desde o momento em que ele se candidata para uma vaga, passando pelo onboarding, até o momento em que ele se despede do ambiente de trabalho.

Já viu uma organização crescer e ter bons resultados com funcionários insatisfeitos? Por esse motivo, uma boa experiência contribui para a estratégia de talentos, atração e retenção.

O desafio é criar a melhor experiência em vários canais, uma vez que, podemos nos deparar com um cenário onde há pessoas trabalhando fisicamente, remotamente ou no modelo híbrido. Assim, é imprescindível realizar pesquisas e acompanhamentos para mensurar os níveis de satisfação, produtividade e necessidades individuais de melhorias.

Programas de treinamento e aperfeiçoamento

Qual o bem mais valioso de uma empresa? Exatamente, o capital humano.

Independente do tamanho da organização, é essencial investir em capacitação. E ainda, de forma que este funcionário consiga colocar em prática os novos aprendizados com eficácia e rapidez.

De acordo com a pesquisa Gartner Shifting Skills Survey for HR Executives 2020, 69% dos executivos de recursos humanos declararam mais pressão dos colaboradores para viabilizar oportunidades de desenvolvimento que os preparem para funções futuras.

A educação corporativa estará em alta com o objetivo de ampliar o potencial da equipe.

Foco na diversidade e inclusão

As contratações ultrapassaram o Oceano Atlântico! O modelo de trabalho remoto possibilita a formação de equipes multiculturais e com diversos perfis.

O estudo inédito “O Cenário da Diversidade e Inclusão nas Empresas Brasileiras”, feito pela Você RH e Mais Diversidade, com mais de 290 organizações de vários setores, revelou que 65% das empresas brasileiras não têm estratégia bem definida para avançar no tema.

Automatização dos processos

Utilizar ferramentas para recrutamento e seleção é primordial, principalmente com tantas entrevistas à distância. Os arquivos digitais em nuvem vão ganhar ainda mais espaço, visto que, podem ser acessados e assinados de qualquer lugar e a qualquer momento.

O People Analytics é um método desenvolvido pioneiramente pelo Google, que permite coletar e cruzar informações dos colaboradores, tais como, desempenho, avaliações, tarefas e muito mais.

As organizações vão ter que se empenhar para atender às necessidades dos que vão seguir em home office e dos que vão estar no escritório. Aplicando boa parte das tendências, sua empresa estará preparada para começar 2021!

É claro que algumas particularidades apresentadas podem variar de acordo com a região, mas estas são algumas tendências gerais. Esperamos que te inspirem!

Manuel Sobrevivência Equipe de Vendas indústria investimento Varejo erros gestão de vendas vendedor externo desconto pronta entrega liderança controle de visitas

CATEGORIAS

Qual assunto você busca?

MATERIAIS GRÁTIS

Aumente seus resultados e alavanque a produtividade da sua Equipe de Vendas.
Faça o download gratuitamente!