planejamento e controle de estoque como fazer

Planejamento e Controle de Estoque: como fazer?

Muito mais que organização, planejamento e controle de estoque são atividades essenciais para a parte estratégica dos negócios. Saiba no artigo como ser eficiente e ganhar vantagem competitiva.

Muitas vezes, um erro referente ao estoque pode significar um prejuízo enorme para o caixa da empresa. Equilibrar o número de pedidos, entender quais produtos estão saindo mais e garantir que toda a demanda dos clientes sejam atendidas é uma tarefa que toda empresa precisa ter como essencial. 

Descubra agora como ser eficiente na hora de planejar e controlar o estoque.

Quais benefícios do Planejamento e Controle de Estoque?

Além das vantagens para os colaboradores no ambiente interno, uma boa rotina pode entregar benefícios para times de vendedores e fidelizar clientes. A saúde financeira também precisa ser citada. Em um artigo publicado no site do SEBRAE, citam uma frase interessante sobre o assunto: “A gestão desse ponto pode significar a diferença entre o lucro e o prejuízo de um negócio.”

Vamos aos benefícios! Veja só:

  • Diminui o Desperdício: isso quer dizer que, no caso do varejo alimentício, a quantidade de produtos próximos do vencimento, podem entrar nas estratégias de vendas, por exemplo;
  • Matérias-primas Disponíveis: no setor industrial, que fornece produtos para outros mercados, ter indisponibilidade de matérias-primas pode representar a falta de produtos no mercado;
  • Redução de Gastos Desnecessários: inteligência de gastos impacta diretamente nos investimentos que a empresa faz e gera vantagem competitiva no mercado;
  • Inteligência de Dados: os dados também ajudam no planejamento e controle de estoque, fornecendo informações relevantes para vários setores da organização. Invista em tecnologias que impulsionam seu negócio e torna a análise e tratamento de dados mais assertiva.

Agora que você conheceu algumas vantagens, saiba como colocar em prática a seguir.

Como fazer o Planejamento e Controle de Estoque?

Fazer o planejamento e controle de estoque depende de uma movimentação interna na empresa. O ideal é ouvir todas as áreas, incluir responsáveis por setores e iniciar sua trajetória criando uma cultura que valorize o novo cenário que está por vir. Os benefícios serão percebidos por todos a longo prazo, você só precisa começar.

Para sua operação ser eficiente, ela precisa ser constante. Você pode definir os primeiros passos e fazer adequações de acordo com as necessidades que forem surgindo. Vamos lá?

Mapeamento Interno

O primeiro passo começa dentro da empresa. Analise todos os dados, colete informações com sua equipe e distribua tarefas para cada responsável. O mapeamento interno conecta todas áreas e identifica em quais lugares estão os maiores gargalos.

Mapeamento de Processos: analisar as atividades permite que o gestor dê um próximo passo mais certeiro. Quanto mais organizados forem os processos, mais fácil será inserir o planejamento e controle de estoque e o índice de erros será reduzido significativamente. Através do mapeamento processual é possível traçar metas a curto, médio e longo prazo, e o objetivo fica mais claro.

Se a área de representantes comerciais não tiver informações suficientes sobre quais produtos estão disponíveis para oferecer aos clientes, você irá identificá-los nesta etapa.

Manuel Sobrevivência Equipe de Vendas indústria investimento Varejo erros gestão de vendas vendedor externo desconto pronta entrega liderança controle de visitas negociações datas comemorativas

Sazonalidade e Demandas

Uma empresa possui fluxos de acordo com o comportamento do consumidor, estações e até mesmo as variações do mercado econômico. Entender quais demandas surgem em determinada época e qual a sazonalidade de produtos oferecidos pode ajudar muito no controle de estoque.

Confira as principais datas do varejo, colete informações sobre as últimas tendências, converse com profissionais da indústria e entenda qual a percepção que sua equipe de vendedores está vivenciando das vendas.

Com as informações em mãos, você pode criar um controle de estoque muito mais eficiente.

Inventário e Previsão de Demanda

O inventário consiste em um documento com todos itens que sua empresa possui em estoque. O objetivo da prática é compilar informações sobre quais e como são os produtos no espaço (mesmo que virtual) da empresa. No Brasil, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) regulamenta as diretrizes que toda empresa deve seguir para registrar o que está no estoque.

A partir do inventário é possível trabalhar com previsão de demanda. Projetando quais são as  estimativas de produtos a serem vendidos, mapeamento padrões ao longo do tempo e tornando ainda mais efetivas as ações do negócio. 

No fim das contas, ter o conhecimento do que a sua empresa possui te dá liberdade para ações de marketing estratégicas, negociações com objetivos bem definidos e possibilita que perdas não aconteçam.

Ferramentas de Controle de Estoque

A tecnologia e a transformação digital podem tornar muito mais produtivas o processo minucioso de compreender o negócio como um todo. Conectar pessoas, processos e produtos é uma tarefa complexa para seres humanos mas, pode ser muito mais ágil com softwares de controle de estoque disponíveis no mercado.

O Landix Flex, por exemplo, foi desenvolvido para levar mais mais recursos para gestores conectarem vendedores com o que está disponível no estoque, possibilitando vendas de forma padronizada e intuitiva. Os benefícios são tantos que a fidelização de clientes é instantânea. Quer se destacar da concorrência e gerar mais negócios em menos tempo? Clique aqui e fale com um especialista.

CATEGORIAS

Qual assunto você busca?

MATERIAIS GRÁTIS

Aumente seus resultados e alavanque a produtividade da sua Equipe de Vendas.
Faça o download gratuitamente!