O impacto do voluntariado no mercado de trabalho

Você já considerou o quão gratificante consegue ser ceder algumas horas de trabalho para ajudar o próximo?

Por: Maria Clara Ferreira, Pré-Vendas Landix

O voluntariado vem ganhando, gradativamente, mais espaços para ser discutido, devido ao reconhecimento da sua importância pela sociedade como um todo e também  pelo mercado de serviços como uma prática desafiadora que proporciona impacto social e impulsiona o desenvolvimento pessoal, visto que, é uma experiência que estimula solidariedade e empatia.

Os obstáculos presentes nessa experiência de voluntariado são únicos, portanto, o voluntário desenvolve habilidades que abrangem diversos aspectos e podem ser aplicadas em diferentes ramos de sua vida. Como exemplo, é possível citar o trabalho em equipe, organização, liderança, gestão de pessoas e de projetos.

Além de poder ter contato com outras pessoas de diferentes realidades, culturas e idiomas, e assim, impactá-los de alguma maneira. Ou seja, a experiência não desenvolve apenas sensibilidade sobre os outros, mas também diversas soft e hard skills necessárias para entrar no mercado de trabalho.

Ademais, em um mundo em que a desigualdade ainda é tão presente, se faz necessário agir em prol do fim dessa situação, que por meio de simples ações podem criar um movimento e engajar cada vez mais pessoas a ajudarem com o que está ao alcance de cada um.

Pessoas envolvidas em projetos voluntários se tornam mais cientes das necessidades da sociedade, tanto no âmbito nacional, quanto internacional. E além do desenvolvimento adquirido durante a experiência, essa prática também possui impacto direto no currículo do voluntário, uma vez que é algo procurado cada vez mais por empresas durante a seleção de candidatos.

De acordo com um estudo realizado pela empresa Delloite com uma amostra de 500 pessoas, 81% dos diretores de RH consideram a experiência de voluntariado como um diferencial no momento da contratação.

Por onde começar?

Atualmente existem diversas oportunidades de voluntariado no país e no âmbito internacional. Vão desde organizações não governamentais que visam causar impacto em comunidades locais, como a GreenPeace até Organizações Internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU) e a ActionAid.

Todos esses projetos, em sua maioria, envolvem causas sociais. Como exemplo, podem ser citados os intercâmbios voluntários oferecidos pela AIESEC (Organização Internacional), que abordam os “Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis”, ou seja, metas traçadas pela ONU para que os países alcancem um modelo mais sustentável até 2030.

Esses objetivos englobam projetos para reduzir a fome em comunidades carentes, empoderamento feminino, igualdade de gênero, proteção ambiental e medidas para combater as mudanças climáticas, entre outros.

Minha experiência como voluntária

Há um ano realizo trabalho voluntário na AIESEC, maior organização sem fins lucrativos gerida por jovens no mundo e que está presente em mais de 120 países, contando com parcerias de mais de 100 organizações e que possui o propósito de desenvolver liderança jovem através dos projetos de intercâmbios profissionais e voluntários.

Minha motivação para entrar na organização foi poder impactar as pessoas e deixar minha marca no mundo, além de desenvolver habilidades que eu não conseguiria, caso me limitasse ao ambiente acadêmico.

Durante meu primeiro semestre no projeto, fui responsável pela venda de intercâmbios voluntários para jovens de Uberlândia impactarem outros países. Nessa experiência aprendi sobre diversos assuntos, como técnicas de vendas complexas, gatilhos mentais e trabalho em equipe, além de conseguir vender esses projetos para outras pessoas estarem impactando comunidades ao redor do mundo.

Ainda tive contato com jovens de outros países, que vieram impactar o segundo setor da cidade realizando intercâmbios profissionais. Foi uma experiência muito gratificante!

Consegui ver na prática o impacto desses jovens e também tudo que desenvolveram nessa experiência, motivo que me incentivou a fechar o meu intercâmbio voluntário com a organização.

Meu destino? A cidade de Salta na Argentina, com o objetivo de trabalhar em uma ONG que auxilia comunidades carentes locais, buscando o contato com uma cultura diferente, aprimorar um novo idioma e impactar pessoas nesse ambiente tão desafiador.

Gostou das vantagens de fazer voluntariado? Se você quiser saber de outras informações, acesse esse site. Até a próxima!

CATEGORIAS

Qual assunto você busca?

MATERIAIS GRÁTIS

Aumente seus resultados e alavanque a produtividade da sua Equipe de Vendas.
Faça o download gratuitamente!